Vereadores solicitam que Companhia dos Bombeiros de Rio do Sul seja transformada em Batalhão

Data: 04/04/2018

Vereadores solicitam que Companhia dos Bombeiros de Rio do Sul seja transformada em Batalhão

Também em viagem a Florianópolis,  em audiência com Procurador do Estado, vereadores buscaram solução para moradores que estão em débito com a COHAB.

O vereador Adriano Coelho (PP), juntamente com os presidentes das câmaras de vereadores de Ituporanga, Jaime Roberto Sens (PSDB) e de Rio do Sul James Rides da Silva (PSD), viajaram a capital do Estado na semana passada, onde tiveram várias audiências,  entre elas com o Comando Geral dos Bombeiros Militares de Santa Catarina. Na oportunidade foi levada a reivindicação para que a Companhia do Corpo de Bombeiros de Rio do Sul seja  transformada em Batalhão.

De acordo com o vereador, Adriano Coelho (PP) essa mudança traria um benefício enorme não só para Rio do Sul, mas para todo o Alto Vale, já que as corporações de Ituporanga e Taió seriam passadas a Companhia, ampliando ainda mais o atendimento e os serviços. "Nos reunimos com o Comandante Borges do Comando Geral do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina, ele inclusive já tem um projeto pronto totalmente favorável a essa questão. Ele ainda nos adiantou que cidades hoje com Batalhão não auxiliam tanto como o Alto Vale do Itajaí financeiramente com os Bombeiros”, explicou.

O próximo passo agora, segundo o vereador é marcar uma audiência com o DNIT em Brasília. “Vamos no encontro de vereadores no mês que vem em Brasília, e tentaremos essa conversa com o DNIT, para que eles cedam em sessão de uso as margens da BR 470 um local para o novo quartel do Corpo de Bombeiros. Já que hoje quando dá enxurrada em Rio do Sul, vez por outra, o quartel fica inundado, e os bombeiros são os primeiros a pedir socorro. Quem sabe mudando para a 470, para uma sala que o DNIT tem ampla, até um comando geral da Polícia poderia se instalar lá junto com a corporação, isso seria interessante”, ressaltou.

Os vereadores visitaram também a Companhia de Habitação do Estado de Santa Catarina (COHAB) e em audiência com o Procurador do Estado, Osni Alves da Silva, tentaram achar uma saída para resolver os problemas das dívidas das famílias do Loteamento Nossa Senhora de Fátima de Ituporanga. “O Prefeito até comentou nessa semana que irá marcar uma reunião com o Governador Eduardo Pinho Moreira para tentar resolver, digo que não há como perdoar as dívidas, mas quem sabe prorrogar um pouco mais, para as famílias conseguirem ir atrás desse recurso e quitar as suas casas, para que ninguém perca a sua residência”, finalizou.

Câmara de Vereadores de Ituporanga

Assessoria de Comunicação

Erlon Carlos