Vereador sugere implantação de sistema de fornecimento e controle de merenda no município

Data: 24/11/2017

Vereador sugere implantação de sistema de fornecimento e controle de merenda no município

A indicação de autoria do vereador Diogo Gastaldi (PMDB) pede que o executivo estude a viabilidade de iniciar na rede municipal de ensino, o sistema que hoje é utilizado na rede estadual

            Durante a sessão de segunda-feira (20) o vereador Diogo Gastaldi (PMDB) apresentou indicação sugerindo que o poder executivo estude a viabilidade de iniciar na rede municipal de ensino, o sistema que hoje é utilizado pelo Governo do Estado na distribuição de merenda escolar. Gastaldi comentou que esteve pessoalmente conhecendo o programa que já existe em várias escolas da região, como é o caso da EEB Roberto Moritz de Ituporanga que já utiliza esse método que é muito prático, funcional e segundo o vereadore, proporciona uma significativa economia pois evita o desperdício.

            Desde agosto, a Secretaria de Estado da Educação, está digitalizando a distribuição da merenda escolar nas unidades de ensino. Todas as escolas que aderiram ao programa receberam tablets que fazem a leitura das carteirinhas, além de treinamento para operar o aparelho e o aplicativo. A expectativa do governo é economizar com alimentação em até 10% devido a precisão do sistema.

             “Estive fazendo uma visita no Colégio Roberto Moritz que aderiu ao sistema, vendo como é feita a distribuição da merenda.É um sistema muito bacana que poderíamos levar até a Secretaria de Educação do município para que adote essa ideia na rede municipal. Isso com certeza trará mais economia para o município”, comentou.

            O vereador explicou ainda que cada aluno tem na carteirinha um QR CODE, e que o tablet faz a leitura. “O aluno só consegue pegar a merenda escolar quando passa no leitor. Ao final do recreio e até do dia, a Secretaria de Educação teria a noção de quantos alunos fizeram a sua alimentação, isso traria um maior controle e também poderia gerar uma programação para o mês seguinte. Por isso acho interessante esse estudo de viabilidade para o nosso município”, finalizou.